ff

Não-Me-Toque - blog@naometoque.net
terça-feira, 3 de setembro de 2013
O lamentável estado das estradas gaúchas

No Rio Grande do Sul, a malha viária é de 12 mil quilômetros, o que requer constante manutenção. Andando pelo Rio Grande, o motorista encontra toda sorte de incompetência governamental: buracos, desníveis, falta de sinalização, sinalização errada e inúmeros outros defeitos. Enfim, é uma sorte chegar vivo ao fim de uma viagem no Rio Grande do Sul.

Além disso, temos que considerar que 104 municípios ainda não possuem acesso asfáltico (!!!). Ao todo são 497 municípios gaúchos, sendo que 21% não possui asfalto.

No vídeo, o relato é de um motociclista que caiu em um buraco na RS-287 km 63 próximo a cidade de Venâncio Aires:

Infelizmente no final da tarde de sexta feira (30/08/2013) acabamos nos acidentando na RS-287 km 63 próximo a cidade de Venâncio Aires, devido aos enormes buracos existentes no meio da pista.Houve danos físicos (escoriações e luxações) e danos materiais na motocicleta e equipamentos de segurança (capacete e jaqueta)! E agora quem é o responsável pelo o ocorrido? Quem vai pagar o prejuízo?



Postado por WM Internet as 16:34 e tem 0 comentarios
0 Comments:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários com palavrões e acusações pessoais. Por favor colaborem.

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 

 

٬timos Posts

A história da foto que marcou o inverno gaúcho
Veículo colide contra árvore na ERS 142
Dois assassinatos em Não-Me-Toque
Vídeo na estrada Tapera - Lagoa dos Três Cantos
Falta de manutenção das estradas deixa usuários in...
Buracos tomam conta das rodovias da região
1 trilhão de impostos
Aula de direito
Tempo inclemente
Acidente envolve motoqueiro na ERS 142

Arquivos

Dezembro 2012 Março 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Março 2014 Abril 2014 Maio 2014 Julho 2014 Agosto 2014 Outubro 2014 Novembro 2014 Junho 2015 Outubro 2015

 

 

 

WM INTERNET